Pix tem 395 mil chaves vazadas pela 1ª vez desde que foi lançado

Banese, banco de Sergipe, identificou que, a partir de duas contas, foram consultados dados de não correntistas. BC diz que senhas e saldos não foram afetados 30/09/2021 | 19:00 Depois de o Banco Central (BC) alertar nesta quinta-feira sobre um vazamento de dados de chaves Pix pelo Banco do Estado de Sergipe (Banese), a instituição informou que detectou consultas indevidas a 395.009 chaves utilizadas no meio de pagamento. O Banese informou porém, que o evento "não afetou a confidencialidade de senhas, histórico de transações ou demais informações financeiras de seus clientes". É o primeiro incidente de segurança de dados do Pix desde que o sistema da pagamentos instantâneos foi criado pelo BC em novembro de 2020. Em comunicado divulgado na noite desta quinta-feira, o banco controlado pelo governo de Sergipe ressaltou que o vazamento ocorreu nas chaves cadastradas com números de telefone, de pessoas que não são clientes do banco, a partir do acesso de duas contas bancárias de clientes do Banese. Fonte: O Globo

Pix tem 395 mil chaves vazadas pela 1ª vez desde que foi lançado