My Items

I'm a title. ​Click here to edit me.

Facebook vai permitir que seus usuários escolham bloquear a contagem de curtidas

Facebook vai permitir que seus usuários escolham bloquear a contagem de curtidas

A companhia já suprimiu a função no Instagram em alguns países e vai ampliar a iniciativa globalmente O Facebook planeja experimentar permitir que seus usuários bloqueiem a função de contagem de curtidas em seus próprios posts ou de outras pessoas, ampliando seus esforços para entender se essa funcionalidade intensificou a pressão da rede por mais postagens principalmente sobre os mais jovens. A rede social vem testando a não exibição do número de curtidas no Instagram em diversos países, incluindo Brasil, Canadá, Austrália, Irlanda, Itália e Japão. Agora, a companhia informou na quarta-feira que vai estender esse teste globalmente ao longo das próximas semanas e avaliar como implementar mecanismo similar no Facebook muito em breve. O Facebook disse que deu início a essa experiência para entender melhor se eliminar a contagem de curtidas ajudaria a reduzir a pressão por postagens no Instagram. Até aqui, a abordagem produziu resultados mistos. “Algumas pessoas acharam benéfico, mas outras ainda querem ver a contagem de curtidas para que pudessem seguir o que está em alta”, disse um porta-voz da companhia em um comunicado. E completou: “Então, estamos testando uma nova opção que permite que você decida qual experiência é melhor para você — se é escolher não visualizar a contagem de curtidas nas postagens dos outros, desativá-la em suas próprias postagens ou manter a formato original”. O Facebook vem experimentando iniciativas para reduzir a visibilidade do contador de curtidas há anos em razão de críticas que argumentam que a plataforma tecnológica reduz o bem-estar mental de seus usuários. Para adolescentes e jovens adultos, a contagem de seguidores e de curtidas continuam sendo a métrica chave de popularidade on-line. Fonte: O Globo


Pequeno empreendedor conta com apoio gratuito para manter negócios na pandemia


Pequeno empreendedor conta com apoio gratuito para manter negócios na pandemia

O “Fazendo Acontecer” é uma iniciativa do EGES que se constitui em atendimentos individuais com orientações e dicas via e-mail para empresários, assim como lives e bate-papos periódicos sobre empreendedorismo e seus desafios durante a pandemia. Além disso, a ação também conta com a publicação de artigos semanais no Blog Empreender, sempre às quartas-feiras, com foco nos objetivos do projeto e seus desdobramentos. Uma equipe de professores do curso de Administração da Unifor e que compõem o EGES Consult ficará à disposição dos pequenos empreendedores gratuitamente. O empreendedor poderá encaminhar suas dúvidas por meio do e-mail: eges@unifor.br. A resposta será enviada na maior brevidade possível, também por e-mail. Serviço Lives “Fazendo Acontecer” Trasmissão: Youtube do Eges Consult Horário: 20 horas 31 de março
"Entrevista com Camila Luz, empreendedora e idealizadora do “Camila Luz Ateliê”. 8 de abril
Voz do Especialista: Sustentabilidade para MPEs, com o convidado Marcus Nakagawa, professor e consultor da ESPM-SP. 13 de abril
Entrevista com Entrevista com Bianca e Mariana Brasil Accioly, empreendedoras e idealizadoras da "Feminicis". 27 de abril
Entrevista com Mariana Pessoa, empreendedora e gestora da “Sonho dos Pés”. Fonte: G1

WhatsApp: quem não aceitar novos termos de serviço e privacidade ficará sem ler ou enviar mensagens

WhatsApp: quem não aceitar novos termos de serviço e privacidade ficará sem ler ou enviar mensagens

Prazo previsto para a concordância dos usuários é dia 15 de maio Quem não aceitar os novos termos de serviço e a politica de privacidade do WhatsApp ficará sem ler ou enviar mensagens pelo aplicativo. Foi o que avisou o próprio WhatsApp num comunicado aos usuários em seu site oficial, após estender a data para o aceite dos termos atualizados para o próximo dia 15 de maio. "Para sua conveniência e para que você tenha tempo suficiente para ler os Termos de Serviço e a Política de Privacidade atualizados, estendemos a data na qual a atualização entrará em vigor para o dia 15 de maio de 2021", diz o comunicado. E acrescenta que o WhatsApp "não apagará sua conta, mesmo se você não aceitar a atualização dos Termos de Serviço até essa data. Entretanto, você não poderá usar alguns recursos do WhatsApp até aceitar essa atualização. Por um curto período, você ainda poderá receber chamadas e notificações, mas não poderá ler nem enviar mensagens pelo app". O aplicativo não especifica a duração desse "curto período" para chamadas e notificações. Compartilhamento com o Facebook Desde o início do ano, os mais de 2 bilhões de usuários do WhatsApp vêm recebendo um alerta sobre a atualização das regras. A principal mudança está no compartilhamento de informações com outras empresas do grupo Facebook. A versão anterior da política de privacidade já previa o intercâmbio de informações dos usuários entre as empresas do grupo, mas isso, agora, se tornou compulsório. Houve repercussão negativa com a mudança. Não por acaso, Will Cathcart, diretor do WhatsApp no Facebook, usou uma rede social para tentar tranquilizar os usuários. Segundo o executivo, a atualização se refere à comunicação de negócios e “não altera as práticas de compartilhamento de dados do WhatsApp com o Facebook”. “Nós atualizamos nossas políticas para sermos transparentes e melhor descrevermos ferramentas opcionais de pessoas para negócios”, escreveu Cathcart. De fato, foi incluído um item na seção “Dados fornecidos por você” da política de privacidade, específico para transações e pagamentos. E em “Dados coletados automaticamente” foi incluído o item “recursos comerciais e de pagamento”. Na seção “Dados de terceiros”, existe agora um trecho exclusivo para “Empresas no WhatsApp”, ressaltando que quando usuários trocam “mensagens com uma empresa, o conteúdo que você compartilha pode ser visualizado por diversas pessoas naquela empresa”.. Fonte: O Globo Conheça o serviço de Monitoramento de Redes Sociais da WR Express. #monitoramentoderedessociais

Pandemia acelera investimentos em marketing digital nas concessionárias

Pandemia acelera investimentos em marketing digital nas concessionárias

Não é de agora que a internet está presente no dia a dia das concessionárias e revendedores.

Vacina contra covid anima mercados com perspectiva de melhora da economia

Vacina contra covid anima mercados com perspectiva de melhora da economia

Segundo economista da Azimut, o efeito real na economia, no entanto, virá somente com o início da imunização

E-commerce brasileiro cresce 73,88% em 2020, revela índice MCC-ENET

E-commerce brasileiro cresce 73,88% em 2020, revela índice MCC-ENET

O e-commerce segue em expansão no Brasil. No mês de dezembro de 2020, registraram alta de 53,83%, em relação ao mesmo período de 2019.